• Denuncie a corrupção
  • portal da transparência
  • fale com o ouvidor
  • Associação dos Amigos do Arquivo Público do Paraná
  • Parceria
  • Memórias Relevadas
  • Arquivo Nacional
  • Brasil - Um país de todos
  • Lei de Incentivo à Cultura - Ministério da Cultura
  • ACESSO LIVRE AO ARQUIVO PÚBLICO

    Consad 15 anos

    Leia mais

  • TEATRO NO ARQUIVO

    Julia

    Leia mais

  • Arquivo Público é apresentado em reportagem do programa Meu Paraná


    O Arquivo Público do Paraná, unidade da Secretaria da Administração e da Previdência, foi tema de reportagem feita pelo programa Meu Paraná, da RPCTV. Criado pela Lei n.º 33, sancionada pelo primeiro presidente da Província do Paraná, Conselheiro Zacarias de Góes e Vasconcellos, em 7 de abril de 1855, o arquivo possui atualmente 41 milhões de itens documentais. Entre eles estão o inventário de bens de um dos fundadores de Curitiba, Baltazar Carrasco dos Reis, datado de 1697, toda a coleção de correspondência do governo do Estado desde 1853, os registros de imigrantes do Paraná, além de um dos mais completos arquivos digitalizados do Departamento de Ordem Política e Social (Dops).Muitos podem ser consultados pela internet. Mas visitar o prédio tem sido uma atividade incentivada e se torna uma grande descoberta da História do País, particularmente, do Paraná. O Arquivo Público tem uma sala de consulta à disposição dos usuários. O órgão, na Rua dos Funcionários 1796, Bairro Cabral, em Curitiba, fica aberto de segunda a sexta-feira, da 9 horas às 12 horas e das 13h30 às 17h30.  

    CLIQUE AQUI para assistir à reportagem

    Materia2016


    Leia mais

  • Alunos descobrem “tesouro” e aprendem a conservá-lo no Arquivo Público

    Um grupo de estudantes do Instituto Federal do Paraná (IFPR), campus Curitiba, visita com frequência o Arquivo Público do Estado do Paraná, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Administração e da Previdência. Mas não apenas para consultar parte dos 41 milhões de itens documentais. Eles também estão aprendendo, com os servidores do local, a arte de manipular a documentação, desde a higienização, passando pelo processo de conservação, descrição, catalogação e encerrando com a digitalização.

    Leia mais